ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Obras

Nova Aurora faz adequação de mais 14 Km de estradas rurais

Quarta-feira, 11 de julho de 2007

Visualizada 1733 vezes


A prefeitura de Nova Aurora adequou trecho da estrada velha para Formosa do Oeste, que vai desde o restaurante Bicudo até ao acesso à comunidade São João. Adequou ainda a antiga estrada do Jipe e a estrada Esser que faz a ligação da comunidade do Baixo Iguaçúzinho até o asfalto para Palmitópolis.

São várias famílias beneficiadas com a adequação.
  A melhoria em ambas as estradas além de facilitar a escoação da produção agrícola, facilita o acesso dos produtores no dia a dia.

Ao longo dos anos as estradas foram deteriorando e com as fortes enxurradas um enorme barranco se formou as margens das vias, colocando em risco a vida das pessoas que não tinham nenhuma segurança ao trafegar.

Com a melhoria os produtores têm a garantia de fácil acesso, tanto de automóveis, como de máquinas agrícolas, na hora do plantio e da colheita e acima de tudo a valorização da propriedade rural.

De acordo com o diretor do Departamento de Viação e Obras, Reginaldo Bugliane, O município locou um trator de esteira ao custo de R$ 12 mil/mês pelo período de três meses, mais o óleo diesel, que foi utilizado nos trabalhos, principalmente devido ao grande número de árvores que foram retiradas para promover a adequação foi gasto R$ 51 mil com a máquina locada.
Segundo ele se o município fosse pagar por hora trabalhada (R$ 160,00/hr) da esteira o custo seria de R$ 81 mil, desta forma o município conseguiu economizar cerca de R$ 30 mil com os trabalhos do trator de esteira.

O diretor enfatiza que com esta atitude o prefeito Pedro Leandro Neto prova mais uma vez que o dinheiro público está sendo bem aplicado.
Bugliane ressalta que o município investiu no total R$ 56 mil na adequação das estradas, incluindo 90 horas trabalhadas de pá-carragadeira e mais 70 horas com a moto niveladora que daria 160 horas, a qual é cobrado por empresas privadas R$ 130,00/hr, os trabalhos teriam um custo de R$ 22.800,00 que somados aos R$ 81 mil, se fosse pagar por hora a esteira, a adequação teria um custo de R$ 105 mil.

“Conseguimos com R$ 56 mil recuperar 14 km de estradas. Se fossemos terceirizar os serviços de moto niveladora e pá carregadeira e com a locação da esteira fizemos uma economia de R$ 49 mil.
Por sua vez o prefeito Pedro Leandro Neto disse que, além da produção agrícola, a melhoria beneficia a escoação da produção suínocula, avícola, piscicola, bovínocula e produtos da agroindústria familiar, bem como o fácil acesso dos moradores na locomoção do dia-a-dia. Segundo o prefeito, para promover a adequação nas estradas, o município tem que se adequar à lei ambiental, no caso a liberação do IAP (Instituto Ambiental do Paraná) para a retirada das árvores que margeiam as vias.

“Trabalhamos conforme determina a Lei, e neste caso cumprimos a Legislação. Com as adequações, além dos fatores favoráveis já citados, estamos evitando a contaminação das nascentes e dos rios que cortam as estradas, melhorando a qualidade de vida da população”, enfatiza Neto.

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: De Segunda a Sexta Feira das 08:00 às 11:30 - 13:00 às 17:30