ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Uma agroindústria nasce na estrada Iporã

Sexta-feira, 07 de Julho de 2017

Visualizada 42 vezes

"Delícias do Campo" nasce e resgata o sabor da infância, ao produzir doce de leite


Distante 23 Km da sede do município de Nova Aurora, a estrada Iporã é bem conhecida pela distância que tem do município. Ao longo dos anos, a estrada sempre foi motivo de discussão devido a sua falta de infra estrutura. Os produtores , em dias chuvosos, ficavam 'com o coração' na mão na hora de retirar seus produtos, ou mesmo, em caso de emergência se precisassem sair.  Após muitas lutas e conquistas, a estrada está sendo recuperada e aos poucos os sonhos vão se tornando realidade, como é  caso da produtora Claudia Tognatto, que após muita luta, dificuldade e insistência da equipe da prefeitura investiu na realização de um sonho. "Sempre trabalhei fora e sempre ganhava o meu dinheiro. Quando me casei, que saí da comunidade de Marajó e vim morar aqui na estrada Iporã, longe de tudo e de todos, desanimei. Chovia, ficávamos na mão, era uma dificuldade de acesso tremenda, mais ainda assim, dentro de mim, nutria uma vontade de ter meu próprio negócio. Foram longas e intermináveis conversas com o Jamil (na época da Emater) e com o Geninho analisando os prós e contras para abrir uma agroindústria. Pensei muito, claro, contei muito com o apoio do município e do meu marido, até que nasceu propriamente as 'Delícias do Campo', conta emocionada dentro de sua agroindústria recém inaugurada, Cláudia Tognatto. A produtora rural, que produz o leite no próprio sítio, instalou uma agroindústria de doce de leite e geleias de frutas. "Estamos já produzindo abóbora no sítio, mas a ideia é produzir frutas também para fazer doces e geleias de passar no pão. A primeira receita que fiz, com a ajuda da Jussara da Emater, não sobrou nada. Embalei e vendi tudo", disse entusiasmada Claudia.

 

"Delícias do Campo"

Para produzir o doce de leite em pasta e as geleias, Claudia conta com a ajuda de sua grande amiga, Neuza. "Além de estar ganhando dinheiro, acabo ajudando financeiramente também a Neuza, que vem, me ajuda a produzir as nossas delícias e meu marido é quem faz as entregas na cidade. Agora na época da colheita, estamos nos virando nós duas, mas a ideia, é que depois nós ficamos na produção e ele na comercialização", disse. Cláudia conta que a ideia de abrir uma agroindústria veio da vontade de 'se ocupar' no sítio. "Quem mora no sítio sabe que tem muito serviço. Falta horas no relógio tem dias, para fazer tudo (risos). Mas para mim, faltava algo mais. Meu marido queria agregar valor há algum produto já existente aqui, foi aí que surgiu fazer o doce de leite, já que aqui mesmo no sítio trabalhamos com vacas leiteiras", contou Claudia. Ainda segundo a nova empresária, "meu maior sonho sempre foi ficar na área rural e agora com a agroindústria isso será possível", afirmou.

 

Circuito do Sol

Compromisso assumido pelo prefeito Pedro Leandro Neto, a reativação do Circuito do Sol e de ações de fomento para a a criação de novas agroindústrias estão caminhando a passos largos. O prefeito, juntamente com vice, Paulo Bessani; secretários João Jamil (Agricultura), Ana Lúcia Bessani (Assistência Social) e Geninho Valcarengui (Assuntos Comunitários); vereadores: Angela Voinaroviski, Angela Dourado, Lucineia Adevente e João Cavalcanti, além da coordenadora do CRAS, Imelda De Biazi, estiveram nessa semana na "Delícias do Campo", conversando com a Claudia e destacando a visão empreendedora da produtora. "Lá em 2006, quando criamos o Circuito queríamos exatamente essa fixação no campo. Queremos que as pessoas, permaneçam no interior, produzindo alimentos de qualidade  e agregando valor à sua propriedade. Aos poucos, estamos retornando com as atividades das agroindústrias, que estão um pouco adormecidas, para que assim possamos mostrar a força que Nova Aurora tem do campo", disse o prefeito durante a visita.

 

Uma agroindústria nasce na estrada Iporã Uma agroindústria nasce na estrada Iporã

Fonte: Assessoria de Comunicação

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: De Segunda a Sexta Feira das 08:00 às 11:30 - 13:00 às 17:30